Claim Ownership

Author:

Subscribed: 0Played: 0
Share

Description

 Episodes
Reverse
Mario Sergio Cortella fala sobre as contradições na Copa do Mundo no Catar: 'temos uma visão nítida de que futebol é um negócio mas não pode ser um negócio que ultrapasse nossa condição de observar a ideia de fraternidade e convivência que seja dentro do respeito à diferença'.
Mário Sergio Cortella fala do escritor português, que completaria 100 anos nesta quarta-feira se estivesse vivo. O comentarista diz que ele era uma 'pessoa inesquecível' e ainda traz indicações de alguns grandes livros do autor.
Mario Sergio Cortella fala sobre episódios envolvendo estudantes na escola e, por meio de redes sociais, que transmitem mensagens xenofóbicas, racistas, misóginas, atacando colegas. Comentarista fala do modo de aceitação eventual do horror como parte da nossa convivência de maneira alguma pode ser admitido. 'A gente não pode, de modo algum, admitir essa possibilidade'
Mario Sergio Cortella fala sobre o terceiro Dia de Finados desde o início do período pandêmico em março de 2020. 'A vida das pessoas segue conosco, mesmo que elas presencialmente não mais estejam’. Comentarista explica ainda o significado do luto. 'Não vivenciamos ainda todos os lutos que a pandemia nos trouxe. Não deu tempo'.
Mario Sergio Cortella fala sobre o centenário de Darcy Ribeiro, mineiro de Montes Claros. ‘Darci Ribeiro é uma das pessoas mais importantes da formação contemporânea do Brasil’. Darcy Ribeiro foi ‘um pastor de utopias’.
Mario Sergio Cortella fala sobre o centenário do dramaturgo e autor de telenovelas, Dias Gomes: 'um homem genial, Dias Gomes, que várias vezes foi censurado, muitas vezes perseguido e também acusado de ser ligado ao pensamento da esquerda'.
Mario Sergio Cortella reflete sobre a política no mundo das crianças: 'uma das coisas mais importantes na formação das crianças é que elas não sejam privadas da capacidade do juízo de si mesmas'. Ele destaca efetividade política quando há afeto pela escola e pela vida.
Mario Sergio Cortella fala sobre o aniversário de 34 anos da Constituição: 'um grande momento para lembrarmos da importância da República'. Ele destaca que há 34 anos, foi indicado que, em 10 anos, haveria erradicação do analfabetismo adulto: 'até agora temos ainda doze milhões de analfabetos'.
Mario Sergio Cortella fala sobre as diferenças entre expectativa, ansiedade e tensão. O comentarista diz que esses sentimentos podem estar presentes em um período de pré-eleição: 'essas três sensações se mesclam, nesse momento, a depender das circunstâncias que se está'.
Mario Sergio Cortella fala sobre o Dia da Árvore e a perceptível mudança climática: 'um bom momento para pensar de fato o que significa o nosso lugar, a nossa casa comum'. O comentarista também reflete sobre momento pandêmico: 'redução da presença humana mostrou o quanto a natureza retoma o fôlego'.
Mario Sergio Cortella fala do caso de um homem que aplicou um golpe pintando feijão e destaca que a 'mente humana é capaz de coisas incríveis, mas também por coisas horríveis'. Para ele, esse tipo de ato 'não só induz ao equívoco, como traz a marca do malefício'.
Mario Sergio Cortella analisa os 200 anos do 7 de setembro e da Independência do Brasil. Ele indaga 'será que é um momento de exclusão ou de inclusão?' e ainda destaca que a data é importante para a reflexão, especialmente pelas transformações ao longo dos anos.
Mario Sergio Cortella reflete sobre os 10 anos da Lei de Cotas: 'não é algo que deva perdurar sempre, mas não pode deixar de aparecer dentro de uma sociedade como a nossa, que tem injustiças históricas'.
Mario Sergio Cortella fala sobre a vinda do coração de Dom Pedro I de Portugal para o Brasil para marcar a celebração dos 200 anos da Independência do Brasil. O coração foi recebido com honras de Estado. 'É algo exótico no campo das relações políticas'.
Mario Sergio Cortella fala sobre o uso de Deus e o diabo na campanha política. Ele explica que a palavra satanás na origem significa adversário. Então, é muito usual dentro da política, desde a antiguidade, a tipificação do uso dessa expressão como sendo a possibilidade da encarnação do mal. A religião é um componente na vida das pessoas. ‘Uso da terminologia religiosa é muito marcante’.
Às vésperas do 11 de agosto, quando a faculdade de Direito da USP lerá um manifesto a favor da democracia, Mário Sergio Cortella reflete sobre o sistema político. Ele lembra uma frase atribuída ao general Eurico Gaspar Dutra: "democracia é uma plantinha frágil que tem que ser regada todos os dias". O comentarista destaca a diferença entre patriotismo e patriotada, e explica o conceito de estado democrático de direito.
Mário Sérgio Cortella critica o projeto aprovado na Comissão de Segurança Pública da Câmara, que propõe a anistia dos policiais envolvidos no massacre do Carandiru, em 1992. O comentarista reflete sobre o direito à memória e como a história deve servir de aprendizado para a sociedade.
Mario Sergio Cortella reflete sobre a escalada de violência contra a mulher nos últimos dias, em diversos estados brasileiros. Em duas semanas, apenas no Rio, houve registro de pelo menos cinco feminicídios; São Paulo e Blumenau também têm casos notáveis recentes. Para Cortella, essas ocorrências 'são e têm que ser notícia', pois desnormalizar essa conduta criminosa é fundamental para gerar discussões na sociedade no sentido de evitar a impunidade e cessar 'o rastro de sangue no meio do caminho.'
O filósofo Mario Sergio Cortella fala sobre o Dia do Amigo, celebrado neste 20 de julho. A data foi criada pelo professor de psicologia e filósofo argentino, Enrique Ernesto Febbraro, que se inspirou na chegada do homem à Lua, em 20 de julho de 1969.
Mario Sergio Cortella faz uma reflexão sobre as imagens divulgadas pelo maior telescópio espacial já lançado pela ciência, o James Webb. 'As imagens mostram o quanto a vida humana é um pedaço da vida existente’
Comments (146)

Jairo

Caramba, tão usando o feed do Cortella pra empurrar outros podcasts ou inflar os números dos mesmos, nem a capa do podcast mudaram, vergonha!

Sep 9th
Reply (2)

Paulista Alexandre

x um

Sep 4th
Reply

helem rebeca

Tema precioso. Apresentação incrível!

Sep 2nd
Reply

Wagner Roberto Araujo

🤔

Aug 10th
Reply

Bruno Ramos

Caramba, eu sou assim as vezes. kkkkkkkkkkkk

Jun 24th
Reply

Bruno Ramos

Essa é para os ministros do atual (2018-2022) governo federal.

Jun 9th
Reply

Caio

Cada adversidade, cada fracasso, cada dor de cabeça carrega consigo a semente de um benefício igual ou maior.” – Napoleon Hill

Jun 7th
Reply

Bruno Ramos

MC Kevin.

May 28th
Reply

Bruno Ramos

Muito obrigado CBN por corrigir a postagem. Escuto todos os dias o professor Cortella.

May 11th
Reply

Bruno Ramos

Foi postado um bloco do Jornal CBN.

May 10th
Reply (1)

Bruno Ramos

Esse alerta chegou atrasado uns 3 anos. Antes tarde do que nunca.

May 6th
Reply

Vivi Cartolano

Maravilhoso!🌹

Apr 16th
Reply

Thiago Espindula

.

Apr 11th
Reply

Cárias Adilson

eu amo

Apr 9th
Reply

Bruno Ramos

Caso Henry...

Apr 8th
Reply

Thiago Espindula

.

Mar 9th
Reply (1)

Caio

Somente pela fraternidade a liberdade será preservada. Victor Hugo

Jan 17th
Reply

Bruno Ramos

Essa reflexão serve para o futebol brasileiro tbm qndo se fala no trabalho dos treinadores.

Dec 31st
Reply

Cristiano Rodrigues

Não tem falta de solução, essa crise está sendo piorada para favorecer aos bancos. povo miserável e endividado, morre alienado!

Dec 23rd
Reply

alexandre mattos

O bem e o mal são conceitos relativos até certa medida.

Dec 8th
Reply
Download from Google Play
Download from App Store