DiscoverRapaduraCast - Podcast de Cinema e Streaming
RapaduraCast - Podcast de Cinema e Streaming
Claim Ownership

RapaduraCast - Podcast de Cinema e Streaming

Author: Cinema com Rapadura

Subscribed: 89,739Played: 1,249,172
Share

Description

O podcast sobre cultura pop pioneiro do Brasil. Um bate papo semanal sobre cinema, séries e streaming! Assistir é apenas o começo!
841 Episodes
Reverse
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Rogério Montanare, Fernanda Schmölz, Sora e Matheus batem um papo sobre a primeira temporada de "O Problema dos 3 Corpos", série da Netflix de ficção científica criada por David Benioff e D. B. Weiss, baseada no livro de Liu Cixin. A dupla, responsável pela adaptação dos livros de "Game of Thrones", embarcaram em mais um grande desafio, que é adaptar esse jovem clássico da ficção científica. Na trama, astrofísicos, militares e engenheiros decidem realizar um projeto para se comunicar com possíveis vidas fora da Terra. A decisão tomada por eles repercute na humanidade após cinquenta anos, em uma época em que a visão sobre a ciência é muito questionada. Com metáforas sobre o aquecimento global e a descrença da humanidade na ciência, a obra toca em temas extremamente relevantes e atuais. || ASSINE O SALA VIP DO RAPADURACAST- Um podcast EXCLUSIVO do RapaduraCast toda semana! http://patreon.com/rapaduracast
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Rogério Montanare e Fernanda Schmölz batem um papo sobre o Monsterverse, o universo cinematográfico que envolve alguns dos bichos gigantes mais icônicos da cultura pop: Godzilla e King Kong. Iniciado em 2014 com o lançamento de "Godzilla", o Monsterverse já ganhou vários filmes e séries. Cada história explora não apenas as batalhas titânicas entre os titãs, mas também os dilemas éticos e as complexidades da relação entre humanos e monstros. Porém, muitas vezes, a galhofa domina. Tem que ser assim mesm? É o que o público tá esperando? Após o primeiro filme, foram lançados "Kong: A Ilha da Caveira" (2017), "Godzilla II: Rei dos Monstros" (2019), "Godzilla vs. Kong" (2021) e "Godzilla e Kong: O Novo Império" (2024). Além desses longas, foram lançadas a série live-action "Monarch - Legado de Monstros" (AppleTV+) e série animada "A Ilha da Caveira" (Netflix). || ASSINE O SALA VIP DO RAPADURACAST- Um podcast EXCLUSIVO do RapaduraCast toda semana! http://patreon.com/rapaduracast
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Rogério Montanare e Fernanda Schmölz batem um papo sobre "Tropas Estelares", filme lançado em 1997 e dirigido por Paul Verhoeven. Ambientado em um futuro distante, onde a humanidade colonizou outros planetas e está envolvida em uma guerra intergaláctica contra uma raça alienígena conhecida como os Aracnídeos, o filme inicialmente pode ser interpretado como uma típica história de ficção científica militar. No entanto, uma análise mais aprofundada revela camadas de crítica política e social que ecoam os dilemas contemporâneos. Uma das principais questões exploradas pelo filme é a manipulação da mídia e da propaganda para justificar a guerra. A sociedade retratada em "Tropas Estelares" é uma distopia onde o patriotismo é exaltado e o dever para com o Estado é supervalorizado. A propaganda é usada para glorificar o serviço militar e desumanizar o inimigo, retratando os Aracnídeos como uma ameaça existencial que justifica qualquer medida para combatê-los. Essa manipulação é um paralelo claro com eventos históricos, onde governos usaram narrativas de guerra para consolidar o poder e controlar a opinião pública. E por isso se torna um prato cheio para discussões, inclusive nos dias atuais! Essa é mais uma edição da série Clássicos da Cultura Pop! || ASSINE O SALA VIP DO RAPADURACAST- Um podcast EXCLUSIVO do RapaduraCast toda semana! http://patreon.com/rapaduracast
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Rogério Montanare e Fernanda Schmölz batem um papo sobre "500 Dias com Ela", um filme que transcende a típica narrativa romântica. Dirigido por Marc Webb e lançado em 2009, o longa oferece uma visão realista e muitas vezes dolorosa dos relacionamentos amorosos. No centro da trama estão Tom (interpretado por Joseph Gordon-Levitt) e Summer (interpretada por Zooey Deschanel), cujo romance turbulento desencadeia uma discussão interminável sobre quem está certo: Tom ou Summer? Desde o lançamento do filme, os espectadores têm se dividido em relação aos personagens principais e suas ações. Tom é frequentemente retratado como o típico "bom rapaz", um romântico sonhador que acredita em amor verdadeiro e destino. Ele se apaixona perdidamente por Summer desde o primeiro momento em que a vê e fica convencido de que ela é a mulher da sua vida. No entanto, Summer é mais cética em relação ao amor e aos relacionamentos, e ela deixa isso claro desde o início. Ela não quer um compromisso sério e prefere manter as coisas leves e casuais. A narrativa não linear do filme, que salta entre diferentes dias ao longo dos 500 dias do relacionamento de Tom e Summer, permite aos espectadores verem os altos e baixos do romance e entenderem como as expectativas de Tom colidem com a realidade. Muitos espectadores se identificam com Tom e sua luta para superar o fim do relacionamento, enquanto outros criticam sua obsessão por Summer e sua falta de autocrítica. Por outro lado, há aqueles que defendem Summer. Eles argumentam que ela deixou claro desde o início que não queria nada sério e que Tom projetou suas próprias expectativas sobre ela, ignorando seus desejos e necessidades. Summer não é uma vilã por não corresponder aos sentimentos de Tom; ela é apenas honesta sobre suas próprias questões emocionais. A pergunta é: quem está certo? || ASSINE O SALA VIP DO RAPADURACAST- Um podcast EXCLUSIVO do RapaduraCast toda semana! http://patreon.com/rapaduracast
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Rogério Montanare, Fernanda Schmölz e Gnu batem um papo sobre os 50 anos da "Sessão da Tarde". Na televisão brasileira, poucos programas conseguiram conquistar o coração e a memória afetiva de tantas gerações como essa atração. Em um momento em que a TV ainda era o principal meio de entretenimento nas tardes brasileiras, a Globo inaugurou esse espaço dedicado ao cinema que se tornaria icônico. Ele desempenhou um papel fundamental na formação de cinéfilos nas décadas de 80 e 90. Mais do que um simples programa de televisão, a "Sessão da Tarde" era um convite diário para uma jornada cinematográfica, uma porta de entrada para o mundo espetacular do cinema. Todo mundo tem uma história com o programa e nós contamos a nossa! Ao longo dos anos, a "Sessão da Tarde" exibiu uma vasta gama de filmes, desde os clássicos de Hollywood até produções nacionais. Ícones como "De Volta para o Futuro", "Ghost", "A Lagoa Azul", "Esqueceram de Mim", "E.T. - O Extraterrestre", "Edward Mãos de Tesoura", "Karatê Kid", "Um Tira da Pesada", "Mudança de Hábito", "Os Goonies", "Clube dos Cinco", "Top Gun", "Curtindo a Vida Adoidado", "Uma Babá Quase Perfeita", "Hook", "Quero Ser Grande" e os filmes dos Trapalhões e da Xuxa se tornaram parte integrante do repertório do programa, deixando uma marca memorável em milhões de brasileiros. || PATROCINADOR DO PODCAST: SESCSP!- Programação do Oju – Roda Sesc de Cinemas Negros || ASSINE O SALA VIP DO RAPADURACAST- Um podcast EXCLUSIVO do RapaduraCast toda semana! http://patreon.com/rapaduracast
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Imaginago e Load fazem uma justa homenagem para Akira Toriyama, criador de "Dragon Ball", que infelizmente faleceu em 2024. Em cada traço de tinta e cada palavra escrita, Toriyama deu vida a um mundo onde a amizade, a coragem e a superação são pilares fundamentais. Desde as primeiras páginas do mangá até as cenas icônicas do anime, ele nos transportou para um universo onde heróis e vilões travam batalhas épicas, onde o impossível se torna possível e onde os laços de amizade se tornam inquebráveis. Em Goku, o protagonista destemido, vemos a jornada de um garoto simples que se torna um guerreiro lendário, sempre em busca de se superar e proteger aqueles que ama. Ao seu lado, seus amigos e companheiros de luta, cada um com sua personalidade única, mostram que juntos são mais fortes, ensinando lições valiosas sobre trabalho em equipe e lealdade. Além disso, Akira Toriyama revolucionou a forma como as narrativas de ação são contadas, com sequências de luta que são verdadeiras obras de arte em movimento. Seus desenhos dinâmicos e seu senso de ritmo tornaram Dragon Ball uma referência para gerações de artistas e fãs de mangá e anime. Ao celebrarmos Akira Toriyama e Dragon Ball, honramos não apenas um criador talentoso e sua obra-prima, mas também um legado que transcende o tempo e o espaço. É um tributo ao poder da imaginação, à força da amizade e à beleza da jornada heróica. Que as aventuras de Goku e seus amigos continuem inspirando e encantando as gerações vindouras, assim como fizeram conosco. Descanse em paz! Arigatō, Toriyama-sensei! || PATROCINADOR DO PODCAST: SESCSP!- Programação do Oju – Roda Sesc de Cinemas Negros https://www.sescsp.org.br/oju || ASSINE O SALA VIP DO RAPADURACAST- Um podcast EXCLUSIVO do RapaduraCast toda semana! http://patreon.com/rapaduracast
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Rogério Montanare e Fernanda Schmölz fazem a sua reunião anual para conversarem sobre a maior premiação do cinema: o Oscar. No ano de 2024, especialmente, ele está com uma das melhores seleções dos últimos anos. As polêmicas ficaram de fora? O crescimento do número de votantes na Academia trouxe uma maior diversidade aos candidatos? Quem ficou de fora? Quais são as categorias cartas marcadas de 2024: Christopher Nolan em Melhor Direção e Robert Downey Jr. em Melhor Ator Coadjuvante? "Oppenheimer" vai fazer um rapa nas categorias técnicas? Quais as chances de "Barbie"? "Zona de Interesse" pode correr por fora e vencer em Melhor Filme? Fizemos as nossas apostas e falamos quem serão os vencedores!!! || PODCAST PARA OUVIR- RapaduraCast 808 - Analisando os 10 indicados a Melhor Filme do Oscars 2024 || ASSINE O SALA VIP DO RAPADURACAST- Um podcast EXCLUSIVO do RapaduraCast toda semana! http://patreon.com/rapaduracast
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Rogério Montanare e Fernanda Schmölz conversam sobre "Duna: Parte 2", um dos filmes mais aguardados de 2024. Comandado novamente pelo cineasta Denis Villeneuve e continuando a história do primeiro livro de "Duna", o filme eleva a narrativa para outro patamar, entregando um grande épico de ação. O longa é um complemento que faltava ao primeiro filme? Essa é a adaptação perfeita? O caminho está aberto para um terceiro filme da trilogia chamado "O Messias de Duna"? Na trama, Paul Atreides (Timothée Chalamet) se une a Chani (Zendaya) e aos Fremen enquanto busca vingança contra os conspiradores que destruíram sua família. Enfrentando uma escolha entre o amor de sua vida e o destino do universo, ele deve evitar um futuro terrível que só ele pode prever. Já falamos sobre "Duna: Parte 1" aqui no RapaduraCast. Já ouviu?? || PATROCINADOR- Oferta EXCLUSIVA NordVPN ➼ https://nordvpn.com/rapaduracast Experimente sem risco agora com uma garantia de reembolso de 30 dias!!!! || ASSINE O SALA VIP DO RAPADURACAST- Um podcast EXCLUSIVO do RapaduraCast toda semana! http://patreon.com/rapaduracast
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Rogério Montanare e Fernanda Schmölz conversam sobre os 10 filmes indicados na categoria Melhor Filme do Oscars 2024. O papo é SEM SPOILERS sobre cada um dos filmes na seguinte ordem: "Anatomia de uma Queda", "Assassinos da Lua das Flores", "Barbie", "Ficção Americana", "Maestro", "Oppenheimer", "Os Rejeitados", "Pobres Criaturas", "Vidas Passadas" e "Zona de Interesse". O que esses filmes tem diferentes? Quais suas histórias? É um dos melhores anos da história da premiação? E aí, gostou desses filmes do Oscars? === || PATROCINADOR- Oferta EXCLUSIVA NordVPN ➼ https://nordvpn.com/rapaduracast Experimente sem risco agora com uma garantia de reembolso de 30 dias!!!! === || ASSINE O SALA VIP DO RAPADURACAST- Um podcast EXCLUSIVO do RapaduraCast toda semana!
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Rogério Montanare e Fernanda Schmölz batem um papo sobre as produções da Marvel Studios. Após alguns anos de dúvidas sobre o futuro do MCU, uma semana foi responsável por trazer a empolgação de volta. Teve trailer de "Deadpool e Wolverine", teve a confirmação do elenco de "Quarteto Fantástico" e teve um trailer nostálgico da animação "X-Men '97". Será que é uma exaltação por pouca coisa? Será que recebemos tão pouco nos últimos anos, que um agrado bacana serviu pra levantar o astral? O que esperar sobre o futuro dessas produções? Esse é mais um podcast sobre o Universo Cinematográfico Marvel!!
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Rogério Montanare e Fernanda Schmölz batem um papo sobre a importância do Frankenstein e sobre o filme "Pobres Criaturas". Desde sua criação nas páginas do romance homônimo de Mary Shelley, publicado pela primeira vez em 1818, até sua imortalização nos filmes, séries de TV, jogos de videogame e quadrinhos, Frankenstein tornou-se uma das figuras mais icônicas e influentes da cultura popular. A importância desse monstro criado por um cientista desiludido vai além das páginas de um livro, permeando a sociedade de maneiras profundas e multifacetadas. Dirigido pelo surreal Yorgos Lanthimos e produzido/protagonizado por Emma Stone, "Pobres Criaturas" é baseada no livro homônimo de Alasdair Grey. A história se passa na Era Vitoriana e acompanha Bella Baxter (Stone), trazida de volta à vida após seu cérebro ser substituído pelo do filho que ainda não nasceu. O experimento é realizado pelo doutor Godwin Baxter (Willem Dafoe), um cientista brilhante, porém nada ortodoxo. Querendo conhecer mais do mundo, a jovem foge com um advogado e viaja pelos continentes, exigindo igualdade e libertação. Em sua essência, Frankenstein original é uma história sobre as consequências da ambição desenfreada e da alienação social. O Dr. Victor Frankenstein, obcecado pela ideia de criar vida a partir de partes de cadáveres, dá origem a uma criatura grotesca e desfigurada. No entanto, ao ser rejeitada por seu criador e pela sociedade, a criatura se vê lançada em um mundo hostil e solitário, onde sua busca por aceitação e compreensão acaba por desencadear uma série de eventos trágicos. Vamos aprofundar nessa história e comentar o excelente filme! == 00:00 Introdução03:21 Frankenstein o seu Legado37:22 Pobres Criaturas (Spoilers)
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Rogério Montanare e Fernanda Schmölz batem um papo sobre "A Sociedade da Neve", filme lançado pela Netflix. Inspirado em uma história real e baseado no livro homônimo de Pablo Vierci, a história é sobre o caso que ocorreu em 1972, quando o voo 571 da Força Aérea Uruguaia, fretado para levar uma equipe de rugby ao Chile, cai em uma geleira no coração dos Andes. Apenas 29 de seus 45 passageiros sobrevivem ao acidente. Presos em um dos ambientes mais inacessíveis e hostis no planeta, eles são obrigados a recorrer a medidas extremas para se manterem vivos. O que aconteceu de verdade? O que é mentira? O que ficou de fora do filme? Como esse longa foi feito?
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Rogério Montanare e Fernanda Schmölz batem um papo sobre os principais filmes e séries de 2024! O que vai estrear de melhor nos cinemas e streamings? É um ano com menos blockbusters? O freio da DC e Marvel vai fazer bem ao cinema? Quais as obras mais esperadas? Esse é o Preview, podcast anual em que fazemos um resumo dos grandes lançamentos, substituindo o nosso tradicional cast de Summer Movies! Falamos sobre os filmes "Deadpool 3", "Duna - Parte 2, "Guerra Civil", "Furiosa - Uma Saga Mad Max", "Planeta dos Macacos - O Reinado", "Divertida Mente 2", "Beetlejuice 2", "Joker: Folie à Deux", "Gladiador 2", "Mufasa - O Rei Leão", "O Senhor dos Anéis: A Guerra dos Rohirrim", "O Auto da Compadecida 2" e mais. Além disso, falamos sobre as séries "Fallout", "A Casa do Dragão", "Arcane 2", "The Boys", "O Urso", "Pinguin" e "Cidade de Deus".
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Rogério Montanare e Fernanda Schmölz iniciam os trabalhos de 2024 falando sobre todos os principais destaques dos cinemas e streamings de 2023. Quais os melhores filmes? Quais as melhores séries? Qual foi o melhor streamingo de 2023? Se prepare pra uma maratona grande de conteúdos no Resumão! Comentamos sobre os principais filmes e séries, como "Oppenheimer", "Assassinos da Lua das Flores", "Barbie", "Godzilla Minus One", "Guardiões da Galáxia Vol. 3", "Homem-Aranha - Através do Aranhaverso", "John Wick 4 - Baba Yaga", "Fale Comigo", "Missão: Impossível 7 - Acerto de Contas - Parte Um", "The Last of Us", "O Urso", "Treta", "Ted Lasso", "Amor e Morte", "Cangaço Novo", "Gen V", "One Piece" e muito mais! === (00:00) - Abertura(04:29) - Acontecimentos do Ano(30:33) - In Memoriam(35:56) - Janeiro(01:35:19) - Fevereiro(02:19:36) - Março(03:14:37) - Abril(04:06:32) - Maio(04:56:16) - Junho(05:58:42) - Julho(06:43:23) - Agosto(06:43:22) - Setembro(08:11:13) - Outubro(09:01:04) - Novembro(09:48:45) - Dezembro(10:17:46) - Os Melhores do Ano
Jurandir Filho⁠, ⁠⁠Thiago Siqueira⁠⁠⁠⁠, Rogério Montanare e ⁠⁠⁠⁠Edu Aurrai⁠⁠⁠⁠ batem um papo nostálgico sobre o ano de 1983 nos cinemas. Esse podcast é mais uma edição da série ⁠We Have to Go Back, onde voltamos no tempo e revisitamos os grandes filmes de um ano específico. Além disso, é um programa nostálgico, pois relembramos os acontecimentos desse ano, as músicas, os jogos, as evoluções tecnológicas e muito mais. Falamos sobre "Scarface", "Star Wars: Episódio VI - O Retorno do Jedi", "Flashdance", "Christine, o Carro Assassino", "Negócio Arriscado", "Férias Frustradas", "Krull", "Uma História de Natal", "Os Embalos de Sábado Continuam", "Jogos de Guerra", "Videodrome - A Síndrome do Vídeo", "007 - Nunca Mais Outra Vez", "Os Eleitos", "Vidas Sem Rumo" e muito mais.  || GOSTOU DESSE PODCAST? TEM MAIS! - RapaduraCast 789 - Cinema em 2003 - RapaduraCast 764 - Cinema em 1993
⁠Jurandir Filho⁠, ⁠Thiago Siqueira⁠, ⁠Rogério Montanare⁠ e ⁠Fernanda Schmölz⁠ batem um papo sobre "Aquaman 2: O Reino Perdido", o último filme do Universo Estendido DC (DCEU)! 2023 foi o ano em que a DC lançou os quatro últimos filmes desse universo compartilhado e eles foram praticamente descartados pela Warner. Como chegamos nesse ponto? Continuando a história do primeiro filme, um antigo poder é libertado e o herói Aquaman precisa fazer um perigoso acordo com um aliado improvável para proteger Atlântida e o mundo de uma devastação irreversível. Esse é um filme descartável mesmo? E a cena da barata hein? Qual a culpa que James Gunn (novo chefão da DC) tem nos fracassos de “Shazam 2”, “The Flash”, “Besouro Azul” e “Aquaman 2”? Vai deixar saudades? Esse é o último podcast do DCEU!
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Fernanda Schmölz e Imaginago retornam para a conclusão da trilogia sobre a história das animações da Disney. Continuando a partir dos anos 2000, o estúdio encerrava suas produções em 2D, finalizando um grande legado do seu criador Walt. Com a compra da Pixar e com a entrada dos principais nomes da produtora na Walt Disney Animation Studios, o grupo embarcou em uma jornada que ficaria marcada como o "Revival Disney". O movimento foi iniciado modestiamente por "A Princesa e o Sapo" (2009), mas em larga escala por "Enrolados" (2010), que ditou visualmente o que seria essa Era. Esse período chegou no seu ápice com "Frozen" (2013) e os filmes que saíram, como "Detona Ralph", "Operação Big Hero", "Zootopia", "Moana", "WiFi Ralph: Quebrando a Internet" e "Frozen 2". Eles foram responsáveis por ressuscitar a magia e o encanto que tornaram a Disney uma potência na animação. Dentro do grupo Disney foi um dos melhores períodos e transformou a Casa do Mickey no maior conglomerado de Hollywood com as aquisições da Pixar, Marvel, Lucasfilm e Fox. Parecia que tava tudo dando certo, mas daí chegou o Disney+ e a pandemia... Nessa época, saíram "Raya e o Último Dragão", "Encanto", "Mundo Estranho" e "Wish: O Poder dos Desejos". Entre seus altos e baixos, a 3ª Era de Ouro das Animações chegava ao fim com a Disney completamentando 100 anos. || PODCASTS RELACIONADOS - RapaduraCast 460 – Walt Disney e a 1ª Era de Ouro das Animações - RapaduraCast 700 - A Disney pós Walt e a 2ª Era de Ouro das Animações (Renascimento da Disney)
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Rogério Montanare e Fernanda Schmölz batem um papo sobre o filme "O Mundo Depois de Nós", a nova produção polêmica da Netflix. Estrelado por Julia Roberts, Ethan Hawke e Mahershala Ali, o drama distópico narra os problemas vividos por duas famílias em meio a um colapso tecnológico nos Estados Unidos. Quem dirige a adaptação do livro homônimo de Rumaan Alam é Sam Esmail, o responsável pela série "Mr. Robot". Um dos assuntos mais falados sobre o filme é que muita gente "não entendeu o final" ou achou que "o final foi ruim". É realmente ruim? Precisava de mais explicações? A crítica do filme atinge em cheio as pessoas? Afinal, o que significa esse filme?
Jurandir Filho, Rogério Montanare, Imaginago e Felipe Mesquita batem um papo nostálgico sobre cinema, streaming, CGI, home vídeo e muito mais. Ao longo das décadas, a expressão "antigamente é que era bom" ecoa nos corredores do tempo. Muitos cinéfilos nutrem uma saudade palpável dos tempos áureos do cinema, quando as telonas eram dominadas por clássicos inesquecíveis, narrativas cativantes e uma experiência única que parecia resistir ao implacável avanço do tempo. Contudo, a reflexão sobre essa afirmativa suscita uma intrigante discussão: será que o cinema antigo era realmente melhor, ou estamos envoltos pela névoa da nostalgia? A experiência do cinema antigo era única, mas será que isso a torna superior? A tecnologia avançou, possibilitando efeitos visuais inimagináveis, narrativas mais complexas e uma diversidade de vozes que antes eram marginalizadas. O cinema contemporâneo, em sua vasta gama de estilos e gêneros, oferece algo para todos os gostos. Além disso, a dinâmica da sociedade mudou significativamente. Os temas abordados no cinema refletem as preocupações e questões da época. Se o cinema antigo retratava uma sociedade diferente, é natural que as histórias e abordagens também evoluam. A diversidade cultural, étnica e de gênero, antes negligenciada, agora encontra espaço na tela, contribuindo para uma representação mais inclusiva e autêntica. O apelo por grandes bilheteiras muitas vezes resulta em fórmulas repetitivas e falta de originalidade. Blockbusters dominam as telonas, deixando menos espaço para produções independentes e narrativas mais ousadas. O home vídeo hoje mudou: ao invés de VHS/DVD/Blu-ray, o streaming vem dominando e sendo a casa para muitos filmes feitos em diversos lugares do mundo. Na boa, antigamente é que era bom mesmo?
Jurandir Filho, Thiago Siqueira, Fernanda Schmölz e Jon batem um papo sobre "Scott Pilgrim Contra Mundo" e suas 4 versões: nos quadrinhos, como filme, como jogo e agora como série da Netflix. Como eles conseguiram? Criada pelo talentoso Bryan Lee O'Malley, a série de quadrinhos foi adaptada para o cinema em 2010, sob a direção de Edgar Wright. Mesmo não sendo sucesso nas telonas, o filme se tornou um clássico cult nerd. A história gira em torno de Scott Pilgrim, um jovem músico canadense que se apaixona pela enigmática Ramona Flowers. Contudo, conquistar o coração dela não será uma tarefa fácil. Scott descobre que precisa derrotar os sete ex-namorados malignos de Ramona para conquistar o direito de ficar com ela. Esse enredo aparentemente simples se desenrola em uma mistura única de comédia, romance, ação e elementos fantásticos. A série "Takes Off" reinventa a história inicial e traz novas discussões para esses queridos personagens. Foi mais um acerto? Veremos continuações?
loading
Comments (743)

Danilo Pereira

13:00 pois é gente, espanhol é um idioma europeu...

Apr 14th
Reply

Lucas Teixeira

Começa em 07:38

Mar 16th
Reply

Danilo Pereira

3:31:25 a história até que é legal, porém quando fizeram esse convite o kiss já tinha até disco lançado

Mar 14th
Reply

Gabriel Fassarella

Como sempre tem um reclamao falando merda, não consegui terminar

Mar 6th
Reply (1)

Lucas Teixeira

Começa em 14:53

Feb 24th
Reply

Cleyton Souza de Lima

Eu venci e o Palmeiras não tem mundial.

Feb 12th
Reply

Alisson Smolii

Esquerdomacho é a pior raça que existe. começaram falando que seria uma "homenagem" e conseguiram colocar suas ideologias ridículas em todos os comentários...

Jan 26th
Reply (1)

Filipe

eu venci, e leandro hassum é um Adam Sandler melhor que o Adam Sandler

Jan 22nd
Reply

Jonathan Santos

Menos que isso é música.

Jan 13th
Reply

Gabriel 22Loko

O Rogério é engraçado, o cara adora filmes horríveis e odeia filmes medianos

Jan 3rd
Reply

Flávio Souza

Gente. Os animais se aproximaram pq pela primeira vez aquela local estava sem a influência de ondas sonoras e ondas de rádio e internet . Simples assim ....

Dec 17th
Reply

George Pontes

Eu assisti a série só para poder escutar a segunda metade do episódio 😌

Dec 9th
Reply

Jorge Morais

Rogério é insuportável

Nov 20th
Reply

Filipe Benine

kkkkkkk esse Podcast foi a pá de cal para o Rapadura cast. Doce néctar da esquerda.

Nov 16th
Reply

Marcelo Domingos do Nascimento

58:10

Nov 7th
Reply

Marcos Jerê

seria bom sobre HimyM que é bem melhor que Friends

Nov 6th
Reply

Rodrigo Andrade

Gosto muito do grupo e do podcast, mas esse foi o 1o que parei de ouvir. Não dá pra passar pano pra esse filme.

Sep 19th
Reply

Cleber Querino

vou assisti

Sep 11th
Reply

capitchii

o demônio da arma...😭 quem leu o manga é triste

Aug 16th
Reply

Cleber Querino

viagem

Aug 10th
Reply
loading
Download from Google Play
Download from App Store